Avaliações de motoristas em aplicativo apontam que mulheres são melhores no volante

Por 12 de março de 2018Noticias

A pesquisa, realizada pela BlaBlaCar, é mais uma comprovação de que as mulheres, além de consideradas melhores no volante, estão mais adeptas a pegar e oferecer carona

 “Mulher no volante, perigo constante!” Quem nunca se deparou com essa frase preconceituosa para dizer que as mulheres dirigem mal? A BlaBlaCar aproveita o Dia Das Mulheres para desmistificar o assunto e comprovar que, na visão de seus usuários, a opção em ter uma viagem segura passa, cada vez mais, pela busca da companhia de uma motorista.

Segundo um levantamento feito pela BlaBlaCar, maior plataforma de caronas de longa distância do mundo, a avaliação média das mulheres que oferecem carona no aplicativo é de 4,8, contra 4,7 dos homens (sendo 5 o máximo). Márcia Fortes, 55, usuária da BlaBlaCar desde janeiro de 2017, é a mulher com o maior número de avaliações do Brasil, todas 5 estrelas. “Hoje a BlaBlaCar é essencial na minha vida, já que moro no litoral e trabalho em São Paulo. Sem o aplicativo não conseguiria me deslocar de forma tão econômica.” diz Márcia.

A avaliação leva em conta a direção mais segura, mais simpatia e gentileza durante a viagem, além de carros mais limpos e organizados. “Já realizei mais de 30 viagens pelo aplicativo. Viajei com muitas mulheres e posso garantir que elas sempre são as melhores no volante, na conversa e na gentileza!” diz Demétrio Martins, usuário da BlaBlaCar desde outubro de 2016.

Apesar de mais calmas no trânsito, muitas mulheres se sentem preocupadas e inseguras em relação a caronas. “A BlaBlaCar toma inúmeras medidas para gerar confiança entre motoristas e passageiros, verificando informações como nome, email, telefone, foto e documentação, além das avaliações. Com base nisso, os usuários escolhem com quem vão viajar.”, comenta Ricardo Leite, diretor da BlaBlaCar no Brasil. Adicionalmente, as mulheres podem usar o “Só Para Elas”, uma opção no app que permite às usuárias organizarem uma viagem exclusivamente feminina.

“Inicialmente fiquei com medo e, depois de ler e reler milhões de vezes as regras e normas do aplicativo, comecei a oferecer caronas só para mulheres. Pode parecer bobagem, mas assim me sentia mais segura. Aos poucos fui fazendo amizade, adorando conhecer pessoas bacanas até que um dia criei coragem e liberei caronas para homens. Foi aí que percebi nunca houve necessidade, pois todos, sem exceção, sempre foram gentis e educados. Nunca tive problemas com minhas caronas, e olha que já foram mais de 140.”, completa Márcia.

Os resultados da pesquisa da BlaBlaCar atestam aqueles divulgados pelo Detran, no ano passado, informando que as mulheres se envolvem em menos acidentes do que os homens. De janeiro a agosto de 2017, em apenas 15% dos acidentes graves mulheres eram as condutoras. Dos acidentes envolvendo mulheres, o que prevalece são as batidas leves. Isso acontece porque elas são mais cautelosas, respeitam mais as leis de trânsito e os outros motoristas.

 www.blablacar.com.br